22 março, 2009

Diz-me porque é que me queres dar a chave do teu quarto, se não queres que eu entre e te ame, mas apenas queres que eu te tenha mais uma vez... e por um momento?

Ligas-me toda romântica a dizer que estás triste por partires amanhã de manhã bem cedo!!! Dizes-me que às vezes sentes a minha falta quando estás nos teus momentos de solidão!!! Perguntas-me se eu não me sinto só também!!!

Respondo-te com toda a delicadeza... Não podemos continuar tão apegados, por isso vamos procurar viver vidas separadas. Consegui resistir, e deixar-te partir... Perdi o amor que sentia por ti, o mesmo amor que tu nunca demonstras-te teres sentido por mim.

Não há forma de nos reconciliarmos. Assim tu podes reconstruir aquela parede que te faz sentir sempre mais forte e distante. Tu não tens o direito de me perguntar como é que eu me sinto. Talvez um dia eu te possa encontrar, e olhar-te nos olhos, mas por agora vamos continuar a viver vidas separadas.
É tão fácil o amor levar à solidão...

2 Segredaram:

Helena D. disse...

O amor leva sempre à solidão quando não é igualmente sentido pelos dois.
Helena D.

Miosotis disse...

... poderá ser fácil!
Mas o difícil é não permitir que isso aconteça!

A solidão só deveria ser permitida a quem vive só! Quando se vive a dois, embora com momentos próprios, é importante não cavar a solidão!

Vin em busca de 'Last Night' e depois vi que já não tinha 'entrada'...?!
Descobri este novo espaço, entrei a medo... mas fiquei. Gostei da música, muito 'café del mar', gostei de algumas notas registas.

Um beijo
... pelo olhar afectuoso ao longo do tempo, me sensibilizas!